top of page

Pesquisa aponta que 40% dos brasileiros desejam adquirir imóveis novos


A pandemia, que nos pegou de surpresa em 2020, causou enorme revolução nos conceitos que regiam a vida da maioria dos paulistanos.


Até então acostumados com um ritmo frenético, fomos obrigados a desacelerar.

Apesar das incertezas que ainda nos afligem, aqueles primeiros meses em que nos vimos obrigados a permanecer em casa e em família trouxeram também impactos muito positivos no que diz respeito à qualidade de vida.


O isolamento social trazido com a Covid19 gerou nas famílias paulistanas mais horas de convívio dentro de casa.


No caso da capital, São Paulo, na maioria das vezes exigiu das famílias que reorganizassem suas vidas e suas rotinas, todos dentro de um apartamento.

Passados todos esses meses, já em 2021, percebemos que muitos têm considerado a possibilidade de manter para suas vidas a possibilidade de viver mais voltados para dentro de seus lares.

Neste sentido, a pandemia e o isolamento social interferiram diretamente no estilo de imóvel que procuram.

Pesquisa realizada pela Brain Inteligência Estratégica, em parceria com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), apresentada na segunda edição do Conexão Sienge, aponta crescimento da intenção de compra de imóveis.

Daqui em diante, evoluímos rápido com a percepção de que muitas conversas não precisarão ser presenciais e as reuniões online continuarão fazendo parte da rotina. A telemedicina, por exemplo, ganhou força e deverá seguir em expansão permitindo que exames e consultas sejam feitos também à distância. A prática do home office também foi incorporada e depende diretamente de uma boa conexão. Além disto, a depender da área de atuação, descobriu-se que também é possível alternar os dias em que o trabalho é realizado dentro da empresa e fora dela, não mais sendo necessário frequentar diariamente as incorporações e escritórios.

E tanta modernidade acabou por gerar um interessante e inesperado efeito: o movimento de retorno para as nossas bases, a partir da ponderação de que isso pode ser vantajoso em muitos pontos.

O conceito do trabalho remoto, por exemplo, abrange muitas atividades que podem ser realizadas fora da empresa, bastando que haja conexão. Além disto, há de se difundir a forma híbrida de trabalho, que abrigará uma alternância entre dias em que estaremos nas empresas e nos escritórios e outros nos quais poderemos trabalhar à distância!

E toda essa revolução acabou por gerar essa tendência e anseio de estarmos mais próximos da nossa família e dos nossos lares.

Fábio Tadeu Araújo, economista e sócio-diretor da Brain Inteligência Estratégica, ressalta ter havido uma mudança significativa no relacionamento das pessoas com as próprias residências durante a quarentena.

De acordo com os dados da pesquisa conduzida pela Brain, os moradores de casas com quintal sofreram menos com o isolamento social. Isto porque as áreas ao ar livre ganharam importância no dia-a-dia e, sem este espaço, os moradores de apartamentos sem varandas ou com varandas pequenas ficaram fatigados mais rapidamente do que os que puderam usar as áreas abertas do imóvel.

Segundo Araújo, “o crescimento se deve ao fato de que as pessoas obrigadas a ficarem reclusas em casa começaram a ver a necessidade de mudança de imóvel. Mesmo quem não tinha essa ideia antes percebeu que era o momento para, pelo menos, iniciar a procura”.

De fato, na prática o mercado imobiliário sentiu um aumento significativo na procura por casas em condomínios fechados nas cidades do interior que são mais próximas de São Paulo. E isto está ocorrendo de forma gradual, revelando uma tendência para os próximos anos, pois nestas cidades, que contam com boa estrutura de comércio e serviços em geral, os terrenos são maiores e normalmente têm menor valor de mercado, sendo plenamente possível buscar um estilo de vida mais saudável e com muita qualidade.

Ficou com vontade?

Venha você também descobrir um novo estilo de vida!



A MIIRA oferece atendimento personalizado e curadoria de casas de alto padrão no interior e litoral de SP. Assim, a sua experiência de comprar um imóvel se torna simples, prazerosa e ágil.





Fotos: Fonte do Wix


Leia matéria sobre o assunto na Revista Casa e Jardim


Comments


bottom of page